26 junho 2013

Natação com o papai.

Ooooi meninas ! 

Então, alguns dias sem vir por aqui ... o aniversário de Pedro aconteceu, deu tudo muito certo e depois vai ter post sobre isso, só que eu tenho que atualizar esses postes atrasados aqui no meu rascunho kkkk. 


O post de hoje é especialmente sobre NATAÇÃO COM O PAPAI. ;)

Quem tem maridão que leva filho na natação ai ? kkk

Brincar com o bebê na água é muito gostoso nos dias quentes, e do ponto de vista da segurança também é muito bom que a criança se acostume a esse ambiente.É verdade que as crianças só conseguem nadar de verdade quando são mais velhas, por volta dos 3 anos, mas a natação para bebês é uma ótima maneira de fazer exercício e de relaxar -- para a mãe (que sempre entro ) ou o PAI também, já que nesse tipo de aula os pais entram junto com os filhos na piscina. 


Foi MUUUITO ENGRAÇADO , mesmo, a tentativa do meu marido em fazer Pedro fazer todos os exercicios , Pessoal, infelizmente não rolou nesse dia, porque meu marido brinca muito com Pedro , e ele ainda me vê como uma coisa meio que CHATA , acho que meu filho me ve assim sim, porque com o pai, ele não fazia os exercicios a não ser os de nadar em bruco, SÓ ! 







Ele brincava mais que fazia os exercicios e meu marido ia na onda sabe ... ;/;/;/;/


Bom , todo mundo acaba me perguntando o que levo quando vou fazer a aula de natação com ele, e de inicio vos falo que o ideal são as fraldas especiais para uso em piscina,  elas não são obrigatórias , a instrutora que conduz a aula não exige , só que as fraldas descartáveis comuns "incham" no contato com a água, atrapalhando os movimentos do bebê e também elas mesmo se soltam e saem do corpo do seu bebê, acho que entrar sem fralda não é muito legal por conta do  risco de seu filho fazer cocô, mais converse com os responsáveis pela piscina, quem sabe se você afirmar que não há risco dele fazer cocô ele possa entrar só de sunga ou maiô, por um período máximo de meia hora. 

Quando você for fazer aula de natação com seu filho, informe-se primeiro sobre as condições do banho -- se há ajuda para ficar com o bebê enquanto você se troca, já que você também estará molhada. Além da toalha e de uma troca de roupa limpa, pra ele eu sempre levo um roupão , uma sunga e a fralda para banho , isso são os três itens para a entrada e saída na piscina. Ai acabo levando também  uma mamadeira , um lanchinho (frutinha) e amamento ele 

depois da brincadeira na água -- natação deixa os bebês com fome! 









As academias já têm brinquedos e acessórios especificos para os bebês fazerem as aulas , vejam : 





Alguns bebês se assustam com o contato com a água, vejo muitos com medo, mais  você pode ajudar  fazendo  brincadeiras na hora do banho. Jogue água sobre o corpo dele e o coloque de bruços para "nadar", sempre com apoio. 

Não faça a estréia do bebê numa piscina muito cheia de gente. Quando entrar com o bebê na piscina pela primeira vez, mantenha o rosto dele próximo ao seu e olhe-o nos olhos. À medida que ele se tranquilize, você pode começar a movimentá-lo mais na água. ;)

Na aula de natação a professora pede pra que o bebê junto com a mamãe ou papai bata as mãozinhas e os pés na água. E também joga um brinquedo a alguma distância e faz a criança "nadar" até ele, carregando-a. 

Também ensina a criança a fazer bolhinhas na água. Esse passo é importante para que ela aprenda a não inalar a água. 

Se seu bebê já senta ela pede pra que a mamãe ou papai  coloque-o sentado na borda da piscina, com você dentro da água, e cante uma musiquinha, como "O sapo não lava o pé". Ao fim da música (no "chulé", por exemplo), "mergulha" na água e faz a  festa. 

Pede também para que agente deite o bebê de barriga para cima com a cabeça apoiada no seu ombro. Incentivando-o a bater as pernas. 

Não há perigo em afundar o rosto do bebê na água por alguns segundos. Há pesquisas que mostram que bebês novinhos não inalam a água. Mas dá uma certa aflição fazer isso pela primeira vez, eu tive muuita aflição, portanto o melhor é contar com a ajuda de um profissional de educação física, especializado. Às vezes, eles ensinam a técnica de soprar o rostinho do bebê para que eles não sejam pegos de surpresa pelo mergulho. 

Geralmente eu não  alimento o Pedro até pelo menos uma hora antes do início da atividade na piscina e em relação a  temperatura ideal da água é entre 29 e 30 graus Celsius,segundo a profissional. 

E claro não leve a criança à piscina se ela estiver resfriada ou doente. ;)


Mais como eu falei a aula com o papai foi um desastre , kkkk, ele não fez nenhum exercicio como deveria ser feito, mais ai eu tava com o celular do meu marido e consegui registrar o desastre da aulakkkk, vamos conferir ?



Esse primeiro exercicio é o NADO DE BRUCO ...




video



Esse é pega a bola ...


video

E esse é apoio com o macarrão ...


video


Não deu pra registrar todos os exercicios, até porque ele NÃO REALIZOU TODOS com o pai dele brincando o tempo todo kkkkk'. 


A ultima dica é : Se seu bebê tem problemas de pele, converse com o pediatra para saber se a piscina não vai agravar a irritação. Pergunte aos responsáveis pela piscina qual é o processo de tratamento da água que é muuuito importante porque algumas substâncias que limpam a água  pode causar irritação na pele e problemas respiratórios. 


Espero que tenham gostado , beeijos ! 

Thais Lima;)






Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Mãe com Salto Alto. Todos os direitos reservados.
Editado por: La Cerejinha Design.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo