22 junho 2014

Dicas de como cortar unha do bebê!


Oi pessoal, tô meio sumida por aqui não é ?
É que me mudei pessoal, e ainda por cima ainda estou sem internet devido a mudança e organização das coisas . Então, estou impossibilitada de fazer meus postes queridos ;)

Resolvi falar de um assunto com vocês, porque essa semana fui visitar uma amiga minha e sua bebezinha e ela me perguntou se quando o Pedro era pequeno eu tinha medo de cortar as unhinhas dele. kkk'
 E gente, vou confessar aqui, este era o meu maior medo ! kkk' Sério !

Era quase que pânico, porque quando meu irmão nasceu, eu resolvi cortar as unhas dele e durante a ação ele chorou horrores, mais tipo,  eu não  arranquei nenhum pedaço do seu dedinho se quer, mais, ele chorou muito, kk, e quando o Pedro nasceu que vi aquelas unhinhas e dedinhos tão sensíveis e miolinhos tive pesadelos de ter que cortar a unha dele. Eu não cortava as unhas dele nem sob tortura , passei um mês sem cortar kkk, até que me senti segura para fazer porque pensei : Ah, eu tenho que perder esse medo !  Hoje ultrapassei esse trauma kkkkk, mais vejo que muitas mamães de primeira viajem tem esse medinho igual eu tinha. 

Hoje em dia O Pedro  facilita demais o meu trabalho, fica só olhando e nem se mexe, parece que sabe do trauma ! kkk  Então,sabendo que há mais mamães com o mesmo medo, resolvi colocar o passo a passo porque não tem como fugir  ? 
Separei algumas dicas pra vocês, e antes de tudo é necessário manter a calma na ação. Vamos a passo a passo ?

  •  Esteja segura para este momento, fique tranquila, não deixe que a criança perceba que você é novata neste caso
  •  Ache o momento da criança, cada criança tem o seu
  •  Procure fazer isto durante o dia, em local de muita luminosidade
  •  Ache um lugar confortável, pegue objetos para distrair a criança
  • Lave bem as suas mãos
  •  Tenha um cortador ou tesourinha de ponta arredondada exclusivo para esta função
  •  Os acessórios para cortar as unhas deverão estar bem limpinhos
  • Segure bem firme o pezinho ou a mãozinha e em seguida, pegue com firmeza o dedinho da criança separando-o dos demais
  •  Concentre-se em um dedo por vez
  • Empurre a ponta do dedo para baixo deixando a unha (parte branquinha) mais acessível
  •  Corte sempre reto, sem mexer nas laterais
  •  NUNCA cutuque os cantinhos das unhas
  • Cuidado para não cortar muito, pois o local incomodará a criança
  •  Deixe o dedão sempre por último. Pode ser que seja mais complicado - Eu fazia assim kkk
  •  Se algum acidente acontecer, lave imediatamente o dedinho da criança com água corrente em abundancia e sabão.

Antes que eu termine o post e me esqueça : Unha de bebe ENCRAVA!
O do pedro nunca encravou, porém já ouvi falar de muitos bebês que já nascem com as unhas dos pés encravadas e, se não for realizado um corte correto, sofrerão sempre com o problema.
 Isso acontece porque a pele forma uma barreira ao seu crescimento e, como a unha não para de crescer e é mais dura, ela penetra na pele  causando dor e ate inflamação.
Um momento bastante propício para o aparecimento delas também é quando os bebês começam a engatinhar. Chutes no berço e carrinhos podem gerar as unhas encravadas.Sapatos apertados costumam ser vilões também. Nas unhas da mão é muito mais difícil acontecer. Quando acontece pode ser por problema de má formação, corte incorreto ou acidentes.
Então ,  se seu bebê está com o esse "probleminha", identifique o porquê primeiro daquela unha encravada. Observe se o sapatinho está apertado, se o macacão com pé está pequeno e fazendo pressão nos dedinhos, se as meias têm costuras grossas ou se o corte está incorreto.

 Após o corte correto e seu bebê ainda sofre com isso, massageie os dedinhos utilizando um creme ou óleo . Dá um alívio na pressão do dedo sobre a unha, fazendo com que aquele momento seja muito prazeroso para a criança. A massagem deve ser feita com cuidado, bem de leve, com movimentos circulatórios ou escorregando os dedos para cima e para baixo. Nunca massageie com força em cima da unha porque como a criança está em fase de crescimento, pode ser que afete a formação.

Então meninas, espero que tenham gostado das dicas ! 
Até o próximo post, beijo grande, Thais Lima ;*

10 junho 2014

5 consequências pós parto !



Oi pessoal ! Tudo legalzinho ?Espero que sim !

Hoje eu vim expor aqui pra vocês algumas consequências que nós mamães passamos após "o parto ". Eu listei com base no que senti e também no que outras mamães amigas e leitoras já passaram também. 

Vamos lá ?

Cólicas

Eu senti bastante enquanto meu útero voltava ao normal, mesmo meu parto sendo normal.Pode ser que você sinta cólicas, principalmente ao amamentar, pois o útero se contrai para voltar ao tamanho que tinha antes da gravidez. Isso é um bom sinal  porque indica que seu corpo está voltando ao normal. A dor pode durar vários dias. As minhas foram 2 dias somente ! Se as contrações forem muito fortes, um analgésico suave,alivia. Eu tomei PARACETAMOL.


Bexiga 

É normal fazer xixi com mais frequência, principalmente nos primeiros dias, porque dai o corpo elimina os fluidos acumulados na gestação.No início, pode ser difícil devido a dor, mas tente fazer isso logo após o parto. Eu não senti anta dor ao fazer xixi, eu levantava muito e andava bastante para estimular o sistema urinário. -Se você tiver pontos, derrame água quente sobre eles enquanto urina, para reduzir as pontadas.

Sangramento

O sangramento vaginal pode durar de duas a seis semanas. Ele diminui mais rápido em mulheres que amamentam. O meu durou duas semanas mais o fluxo era intenso. No início, a secreção era vermelha, mas com o passar dos dias vai ficando amarronzada e logo quando isso acontecer é quando já está indo embora.

Evacuação

Pode ser que, após o parto, você fique um dois três dias sem evacuar. Acredito que não há como evitar , então : Beba bastante água e coma alimentos ricos em fibras,quando tiver vontade de evacuar, faça imediatamente e evite fazer muita força.-É pouco provável que os pontos se abram devido ao esforço da evacuação. Se quiser, você pode segurar um curativo limpo contra os pontos para se sentir mais confiante.

Pontos

Podem ficar doloridos nos dois primeiros dias, mas isso passa após uma semana.
-Limpe bem os pontos na hora do banho e depois seque-os com cuidado.-Para diminuir a pressão nos pontos procure ficar deitada.

Então pessoal, espero ter ajudado com as informações. 

Até o próximo post, Thais Lima. 

04 junho 2014

10 dicas de como ser uma mãe melhor.








Oi pessoal !

Tudo bem com vocês ? Espero que sim !


 O post de hoje tem um título bem sugestivo como podem ver, e acredito que seja algo que todas nós buscamos todos os dias de nossa vida : Sermos as melhores mães que podemos ser para os nossos filhos! 
Eu, particularmente estou uma vez ou outra me comparando com  outras mamães, e eu acredito que seja inevitável. Isso não é um ponto negativo em minha opinião, pois dessa forma eu consigo absorver todas as qualidades que me envolvem em outras mamães e que desejaria ter e que provavelmente não tenho, e com o blog também consigo passar as informações das que tenho pra que outras mamães também achem algum ponto positivo em mim e acabem aderindo a qualidade a si.

É um ciclo, e ME ENCANTA, porque vivo repetindo por aqui : TODA MÃE TEM SUA DICA ! E acho que elas devem ser partilhadas sim, pra que todas consigam melhores resultados ;)

Então, gasto muito tempo trabalhando , cuidando da casa, da vida , das finanças, em frente ao computador cuidando do blog, mexendo no meu celular (pra ter um pouco de vida social ) e isso me faz sentir mal com relação a mim mesma como mãe. 
Não vivo só dando dicas de maternidade, passo tempo também pensando sobre como é ser uma mãe melhor todos os dias. Equero ser uma mãe melhor e o meu filho merece o melhor de mim.
Achando que isso seria importante, resolvi fazer um TOP 10  das coisas que consegui melhorar desde que fiz esse post AQUI, e resolvi dividir isso com vocês.





1.     Reserve sempre um tempo para o seu filho.
Tire um tempo para ele logo de manhã e evite sair de casa correndo sem conseguir dar um pouco de atenção para ele. Mostre que realmente se preocupa. Ex : Passei a  dar eu mesma  o banho, o jantar, brinco um pouco antes de dormir e eu mesma o faço dormir agora, todos os dias! Mostre que tem certas coisas que só você mesma faz pra ele.
As vezes estamos tão cansadas ou focadas em alguma tarefa que não enxergamos o quanto a nossa paciência é curta.Quando seu filho a chamar, pare o que estiver fazendo e explique que naquele momento você não pode parar e que logo logo você irá terminar e lhe dar toda a atenção. Pare, baixe-se e pergunte  o que ele quer, olhando em seus olhos. Mostrando que está lhe dando atenção de verdade.
3.    Saiba a hora de "castigos".

Às vezes precisamos dar mais amor do que limites, outras dar mais limites que amor. O importante é estarmos atentas e evitar errar o máximo possível nessas horas.Tem hora que a criança precisa de atenção e carinho, e essa com certeza não é uma boa hora para brigas e “castigos”.
Se seu filho está fazendo birra sem motivo aparente, antes de perder a paciência e brigar com ele pense que quem sabe essa não está sendo  a forma que ele está dizendo que quer a sua atenção.

Em casa você se sente em “zona de conforto” e isso  leva  você a deixar o seu filho mais “solto”, seja no quarto ou na sala, e se estiver em casa brincando sozinho, você com certeza se distrai mais facilmente num Facebook ou instagram da vida. kkkk Então , sair de casa é a melhor opção para que seu filho se distraia e sinta que você está mais perto dele, já que estará mais longe de sua " zona de conforto " E ... uma dica : Deixe o celular em casa. Isso fará com que você o curta sem distrações. 
Para o caso dos seus filhos já serem um pouco mais velhos, jante sem telefones, sem iPads, sem perturbações de qualquer natureza. Sentar, conversar, discutir, debater, questionar, e mais importante, ouvir. Ouça tudo. A grande. A pequena. O bom. A má. Mantenha seus olhos e seu coração aberto. 
Se você for totalmente desorganizada com seus horários e com os horários de seu filho, CLIQUE AQUI,  se esforce e arrume sua agenda como eu kkk. A gente fica mais preparada organizando a rotina dos nossos filhos, a vida corre bem melhor quando você sabe o que lhe espera e sobra mais tempo e até mesmo vontade para estar com quem a gente ama. Já sofri muito com isso de horário, mais consegui organizar.

O Pedro ama caminhões, carros,  e enfim, transportes, ( o pai é motorista né ? kkk). Então todos os domingos o pai faz questão de sair com ele para andar de caminhão, mostrar carretas e ele se encanta. É um momento só  deles e  que eles curtem, ficam  transbordando de alegria, e eu também porque vejo que foi feito algo para que o meu filho fique feliz.
9. Cuidado com a “falsa” atenção.

Quantas vezes estamos dando atenção à criança e no fundo no fundo sabemos que não estamos dando atenção nenhuma, isso porque sempre temos o celular por perto. Não prestamos atenção à brincadeira e quando damos conta nosso filho está irritado e aprontando todas para chamar a atenção, e com toda a razão. Pedro na terceira vez que chama "mamãe " e eu não escuto, ele já me chama pelo nome, kkkk. Thaissss (Y) Quando estiver  com ele, esteja COM ELE.
10.  Não se deixe acomodar

Nos fins de semana, apesar de cansada, fico me sentido tão mais mãe, não sei se acontece com vocês, pode parecer meio louco, mas é de fato assim que me sinto, devido a correria, sinto como se durante a semana eu não me dedicasse tanto como deveria. Então, não se deixe acomodar. Tente e lute todos os dias procurando ser a melhor mãe que pode ser !

Tenho certeza que fazemos sempre o melhor que podemos! 

Espero que tenham gostado meninas. Foi uma forma até de desabafar as melhoras que tive como mãe nesses últimos tempos. haha' 

Até o próximo post , Thais Lima.






Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Mãe com Salto Alto. Todos os direitos reservados.
Editado por: La Cerejinha Design.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo