14 setembro 2014

Culpa na maternidade ? Pare de se culpar.




Oi mamães !


Um tempão sem vir por aqui ;/

 Aconteceram muitas e muitas coisas que me fizeram ficar ausente esses dias que depois atualizo pra vocês. Mas , vamos ao post !


De início, apontarei algumas frases do tipo :

 "Ai meu Deus, o meu filho não dorme, não aguento mais…"
 "Jesus Cristo, meu filho é muito chorão, não aguento mais…."
 "Socorro,  meu filho não come nada, acho que vou enlouquecer…"
 "Meu filho está genioso, morde, bate e grita com todo o mundo, acho que vou perder a cabeça a qualquer momento…"
Reconhecem alguma delas ou ao menos parecida ? kkkkk
Estas são apenas algumas das frases que eu aposto que 99% das mães já falaram ou vão  falar um dia.

A maternidade é uma verdadeira montanha russa, cheia de altos e baixos, cada mamãe vive de um jeito particular a sua "viagem materna" e cada uma se posiciona e encara as emoções de uma forma diferente, mas independentemente da forma como nos posicionamos e como as encaramos, parece que a maternidade veio para testar os  limites de qualquer mãe.

Em cada fase uma nova prova, em cada prova um novo sentimento e uma nova descoberta e nós em todas elas sempre achamos que apesar de tudo vamos falhar a qualquer momento


No limite da exaustão,  achamos que não vamos conseguir aguentar, que a qualquer momento vamos surtar (isso quando já não surtamos kkkk ) e entre essas falhas e surtadas, no silêncio do nosso pensamento de mãe, que num determinado momento nos culpamos pela péssima mãe que julgamos estar sendo .
Qual de vocês já vivenciaram momentos em que acharam que não iam  conseguir nunca ser a mãe que sempre havia sonhado ? ( Eu particularmente, queria ser muito mais do que eu sou).

Em sociedade sabemos que o perfil de mãe que é estampado em PAGES, REDES SOCIAIS, E ATÉ MESMO LIÇÕES DE MORAL QUE ESCUTAMOS , é pra ser aquela figura 100 % ( sem erros, sem falhas )  que a sociedade criou , mas que  não é humanamente possível... E ... nós só percebemos isso depois que a maternidade passa a ser uma realidade nas nossas vidas. Ninguém é perfeito pessoal. pode até aparentar ser, mas entre quatro paredes, os defeitos veem sempre à tona, porque não dá para conseguir ultrapassar todas as fases da vida de um bebê/criança sem ter aquele momento de desespero e cansaço 

Ser mãe cansa, e cansa muito e tem uma hora que a gente acha que não vai aguentar mais, que chegou ao limite do seu cansaço e da sua paciência

Daí nesse momento de exaustão você escuta muita critica das pessoas , as vezes da sua própria família e amigos , levamos em consideração e passamos a nos culpar por aquela fase de exaustão onde não estamos sendo tão assertivas o quanto gostaríamos ser e prometemos ser.

Olha, eu tenho uma PAGE DE MATERNIDADE, UM BLOG DE DICAS MATERNAS, mas eu SEMPRE, SEMPRE, SEMPRE gosto de falar sobre esse tipo de assunto aqui no blog , acho que vocês já perceberam,pra que as pessoas consigam perceber que por exemplo não mostro perfeição porque dou dicas , isso não procede. 
EU FALHO MUITO ,assim como toda mamãe, sempre falo por aqui que a maternidade enlouquece e que eu queria ser bem melhor do que tento ser entendem ? A sociedade banaliza as mães que falam : UFA , TÔ CANSADA  ! 




Muitas mamães já me procuraram se sentindo culpadas pelo cansaço e exaustão que sentem e MENINAS, EU TÔ AQUI PRA DIZER QUE : TODA MÃE PASSA POR ESSA FASE. NÃO SE REPUDIEM. ACONTECE, É NORMAL, COMIGO TAMBÉM É ASSIM !
Você não é a única e ter esses sentimentos, acredite!
Tudo não passa de uma fase ,nada é eternamente estável e constante.
Se você acha que está no seu limite, se você se sente a pior mãe do mundo porque não esta dando conta da fase do momento e não está conseguindo supera-la, lembre-se da fase anterior. Viu como ela passou até rápido e você conseguiu vence-la? Pois é, o mesmo vai acontecer com esta.
Não se desespere. Pare de se julgar. Você é muito melhor do que pensa. Não permita que o seu subconsciente a julgue. Não dê ouvidos. Pense sempre que você está o tempo todo dando o melhor de si, mesmo quando acha que não está.

Quando estiver no seu limite, respire fundo. Se precisar, saia de cena e só volte quando estiver mais calma. Se lembre de que a sua atitude pode influenciar positiva ou negativamente a vida e a personalidade do seu filho, mas se errar uma vez ou outra também não se sinta a pior pessoa por isso.
Só pare de se culpar.Se você tenta sempre ser a melhor mãe que consegue, saiba que só de tentar você já é a melhor mãe do mundo!

Recadinho pra vocês. 
Beijo a todas ♥ 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Mãe com Salto Alto. Todos os direitos reservados.
Editado por: La Cerejinha Design.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo