18 julho 2016

"Pé na jaca" da maternidade

Conversando com algumas mamães semanalmente, entramos em um assunto inevitável: Relembrar MOMENTOS da maternidade jovem que tivemos. Nos deparamos com algumas situações e lembranças diversas e distintas de algumas situações " erradas", digamos assim, que ocorreram nos pensamentos ou nas ações de algumas de nós. Será se vocês se identificam com algumas? Vamos lá! 


 Não lembrar muito da gravidez 
Isso não aconteceu comigo, mas quatro ou cinco do meu bate papo matinal, afirmam: "Olhando para trás, lembro de poucos momentos, infelizmente". 
Se sentir gorda, ao invés de grávida
Não sei por qual razão QUASE TODAS as mamães passam por isso, no final da minha gestação eu TAMBÉM queria estar grávida sem ter corpo de grávida, vai saber. Ai hoje penso que se eu ficasse gravida novamente, ia usar blusa justa só para aparecer aquela IMENSA barriga. JURO. 
Não querer amamentar em público
Bom... logo que o Pedro nasceu eu não gostava de mostrar meu seio para quem quer que seja. Nem blusa decotada eu usava. Mas como eu tinha muito na mente de AMAMENTAR, seja lá como for, não teve outro jeito pra mim, e fui ficando sem vergonha mesmo. Porém conheço muita mãe que não saía  perto do horário de amamentar e se fosse demorar, tirava o leite e colocava na mamadeira, umas se arrependem.

Fazer ele dormir no carro pra sair
Essa me fez rir muito. Vocês se identificam? (risos) Eu não! Mas uma amiga me relatou que queria muito ir a um show  e nesse dia a filha dela  não queria dormir por nada nesse mundo. Ela se arrumou, coloquei ela no carro e ficou dando volta no quarteirão até ela dormir. Deu certo. Ela deixou a filha com os pais e saiu. (risos). Já aconteceu com mais alguém?
Deixar todo mundo pegar ele no colo a qualquer hora
O Pedro virou quase um boneco de tanta gente que o pegava nos primeiros dias de vida e eu nem ligava para isso. 
Deixar dormir na cama do lado oposto da parede
Postei sobre isso na época, e o fato é que o Pedro já caiu da cama quando tinha mais ou menos uns 7 meses. Eu estava muio cansada, e não levantei pra colocar ele no berço, adormeci..Já viu né? Gracas a DEUS nada aconteceu, mas poderia né, então, diga "não" á esse tipo de cagada. 
Achar que o filho faz birra quando bebê

A convivência fará você descobrir que o bebê chora de diferentes jeitos, que cada choro tem o seu significado e qual a maneira de satisfazer suas necessidades e você logo logo vai descobrir que um bebezinho de 12 meses ainda não tem a manha suficiente pra inventar um "choro". Isso quer dizer que "se ele chora " "tem motivo/razão ou circunstância"
Quando o choro começar, a mamãe deve pensar em quais são as necessidades do seu bebê. Fome, cólica, estar sujo ou molhado, roupa desconfortável, sono, cansaço, frio ou calor e excesso de estímulo, desconforto emocional como falta de atenção e insegurança podem ser os motivos grandes também.
Um bebe de 6 a 12 meses , não sabe o que é manha ou birra. Por isso, se a criança chorar, atenda e verifique as causas do choro.



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Mãe com Salto Alto. Todos os direitos reservados.
Editado por: La Cerejinha Design.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo