29 outubro 2015

"Meu": Crianças amam seus brinquedos e não querem compartilhar.

Crianças amam seus brinquedos e não querem compartilhar. Algumas crianças são conhecidas por seu comportamento egocêntrico, e não é razoável esperar que elas compartilhem. Elas não estão em seu desenvolvimento, prontas para tal. À medida que crescem, ainda é difícil para a maioria compartilhar. Elas pensam sobre si mesmas e suas necessidades. Mas existem algumas coisas que você pode fazer para ensinar a seu filho a arte da partilha.

Por volta dos dois anos, a criança começa a mudar do brincar individual para a inclusão de outras crianças na brincadeira. Neste ponto, ela pode desejar ver outras crianças e brincar com outras crianças, no entanto, ela pode não estar pronta para compartilhar com elas. Então deve-se considerar as etapas do desenvolvimento da criança.Devido à dificuldade das crianças em entender o significado da propriedade de um objeto pode ser difícil ensiná-las o que significa compartilhar.


Como cuidadores temos um papel responsável em ajudar a criança a aprender este conceito. Comece a falar com a criança sobre a partilha, como por exemplo, lendo livros sobre o assunto.


Uma das maneiras mais eficazes para ensinar a partilha é modelar o comportamento. Deixe as crianças verem como você compartilha em diferentes situações e elas vão começar a fazer  também. Seja paciente e positivo com o seu filho. Lembre-se, ele ainda está aprendendo. Concentre-se nos comportamentos positivos. Seu filho estará mais propenso a compartilhar se for elogiado quando o faz.Na prática brincar em grupo é uma excelente prática para crianças que tem irmãos.  Comece algumas brincadeiras onde cada criança tenha a sua vez de participar. Elabore atividades nas quais as crianças devam se revezar. Na escola isso já é feito !


 Tente utilizar brinquedos de grupo em vez de brinquedos individuais para ajudar a incentivar a partilha. Permita que a sua criança tenha muito tempo e oportunidades para brincar e praticar o comportamento cooperativo.Quando surge algum conflito, certifique-se de ajudar a criança a lidar com o problema e que ela seja parte da solução. Ajude a criança a expressar seus próprios sentimentos e encoraje-a a compartilhar esses sentimentos com as outras. Incentive-a a ouvir os sentimentos das outras crianças.


 Ensine-as a viverem diferentes papéis e a ter empatia com as pessoas nesses papéis.Uma vez que a criança seja capaz de compreender os sentimentos dos outros, ela será capaz de vincular os seus sentimentos e ter uma melhor compreensão da partilha. Uma boa regra de ouro é: "A brincadeira delas é o seu trabalho e um importante processo de aprendizagem..." e a utilização deste trabalho irá melhor ajudá-las a aprender como compartilhar.




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Mãe com Salto Alto. Todos os direitos reservados.
Editado por: La Cerejinha Design.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo