20 julho 2014

Meu caso de amor com o banheiro!






Um dia desses comentei um #quemnunca foi no banheiro com o filho no colo no período em que está amamentando ou seu filho ainda é um bebê e não lhe deixa desfrutar do seu banheiro de uma forma feliz ! kk’

Fiquei  pensando no quanto o Banheiro tem sido presente na minha vida desde que fui mãe.

Quando o Pedro nasceu, o meu maior pesadelo era ir no banheiro. Tinha medo até de ir fazer xixi e de repente ele se engasgar enquanto eu não estava com ele. Kk(Mãe de primeira viajem) Depois chegou o meu baby blues (choro comum no pós parto).
 Ele foi todo assistido
 pela minha silenciosa plateia formada por vaso, banheira, lavatório e afins, e só com ela me senti compreendida e me acalmei.

Depois ele cresceu um pouquinho mas eu não conseguia deixar meu bebê sozinho em momento algum. Ir no banheiro era quase milagre.

Tomar banho? Nossa, era meu sonho de consumo! Eu que tomava 3 banhos por dia,  um as vezes parecia quase que impossível. Mais eu tomava viu gente? Kkk’

Quando conseguia me encontrar com o banheiro, saia dele renovada!

Tantas vezes, tive que matar minha saudade do banheiro, ou com porta aberta, ou com o Pedro no bebê conforto assistindo todos meus momentos mais íntimos, kkk.

Depois cresceu um pouco mais e eu comecei a deixá-lo com o pai ( quando ele estava em casa ) e a me trancar no banheiro, literalmente. Mas não durava muito, eu já tinha que ir lá socorrer ( HELP DAD).

O banheiro era meu cúmplice.

Quantas vezes quis ficar mais tempo trancada no meu "spa particular de 4 metros quadrados".kk

Era ali que eu me atualizava virtualmente, que eu colocava o papo em dia, que eu cuidava da unha, do cabelo e da pele. Era vapt e vupt, mas quando via ja tinha passado mais de 30 minutos e tinha o pai do pedro a porta, reclamando pela minha demora.

A fase passou, Pedro  cresceu maaais um pouco e os momentos com meu banheiro ainda conseguiram aumentar um pouco mais no quesito "tempo".

Só que agora ele quer entrar, e se eu não deixar, fica chutando a porta e ai é que não dá pra relaxar mesmo!

Hoje tou pensando num novo esconderijo… mas acho que não encontro nenhum melhor que o banheiro.
Agora, passando menos tempo juntos, preciso me declarar.
"
Banheiro, eu te amo e serei eternamente grata por todo o apoio que você sempre me me deu! 
Este meu caso de amor meninas, ainda vai durar um tempo… Pra falar a verdade, acho que vai ser eterno. Esse sim será eterno ! kkkk
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Mãe com Salto Alto. Todos os direitos reservados.
Editado por: La Cerejinha Design.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo